Jefferson Agamenon

Comentarista Político

Citados: Eleições Palmas, Cinthia Ribeiro, Junior Geo, Eli Borges, Van

Meus caros ouvintes e leitores do Tocantins hoje quero falar especificamente de Palmas.


Muitas pessoas me perguntam o pq estou mais quieto nestas eleições, e eu respondo: posso estar quieto mas estou com os olhos e ouvidos atentos as movimentações politicas também da nossa capital Palmas.


Com 12 candidatos, os mais bobinhos na política, sabem que o cenário favorece a atual prefeita e candidata a reeleição Cinthia Ribeiro.

 

Você pode esta se perguntando, então a eleição já esta definida?!


Te digo, meu caro ouvinte, que praticamente a eleição de Palmas já esta definida em favor da Cinthia, e eu te explico.


Nas mais otimistas pesquisas em favor de Cinthia mostra que ela tem por volta de 28% a 30% de intenções de votos, repare que se ela tem este numero, por conseguinte, tem também, em tese, a não intenção de voto de 68% ou 70%, estou falando nos numeros mais otimistas.


Em Palmas temos 12 candidatos sendo que 4 são do pelotão de elite que é composto por Cinthia Ribeiro, Júnior Geo, Eli Borges e Vanda Monteiro aonde juntos somam por volta de 75% a 80% das intenções de voto e os outros 8 se dividem em 20% e 25% das intenções restantes.


Então para que os números se movimentem nesta altura do campeonato precisamos de fatos novos.


Um deles seria a desistência de Júnior Geo, Vanda Monteiro ou Eli Borges, o que seria muito difícil de ocorrer, cada um com seus motivos.


No caso de Eli Borges ele tem o apoio irrestrito do Palácio Araguaia e acredita fortemente que sua candidatura a prefeito é um chamado de Deus, assim a probabilidade de sua desistência beira ao zero.
Pelo que vejo acredito que Deus mudou de planos e não o informou ao deputado, pelo menos por enquanto.


Vanda Monteiro precisa receber os 4 milhões da verba partidária do PSL, além de querer a qualquer preço eleger seu marido vereador.


Sendo assim caso desista de concorrer pode dar adeus aos 4 milhões do PSL e de quebra colocar em risco a candidatura do marido. Motivos pelo qual julgo quase 0 a sua desistência.
Júnior Geo é o caso mais emblemático, quer pousar de virgem no cabaré, quer dar mas tem medo de doer.


Não faz acordo, não aceita apoio e não se mistura com a gentalha.


Resultado, na matéria endemoniada por Geo que é a “arte da negociação politica” o nobre deputado e candidato tirou nota vermelha, perdeu o "time" e derrapou na curva.
Porem, ele sabe disso, além de não correr nenhum risco e nada tendo a perder, deve preferir participar do pódio nem que seja em 4 lugar.


Os demais candidatos infelizmente não fazem parte do grupo de elite, assim me abstenho em fazer qualquer comentário sobre, pois, pouco influenciaria na tão desenhada vitória de Cinthia Ribeiro.
Na verdade, gostaria muito de pagar a língua mas… é pouco provável!


Comigo é prego batido, e ponta virada!

Jefferson Agamenon

Comentarista Político